Transferência de multas e desvio fazem MP investigar chefe do Detran

Transferência de multas e desvio fazem MP investigar chefe do Detran

O diretor-presidente do Detran MS - Departamento Estadual de Trânsito, Gerson Claro Dino, investigado pelo MPE - Ministério Público Estadual, por ser suspeito de praticar pelo menos quatro irregularidades. Procedimento preparatório foi transformado em inquérito civil e servidora ser convocada para ser ouvida.


A 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público é responsável pela investigação e o promotor Fernando Martins Zaupa está a frente do inquérito.


Entre as irregularidades denunciadas ao MP está: multas de transito, uso do site oficial do Detran para fins pessoais, comissionado para assuntos particulares, transferências irregulares e uso do carro oficial.


O presidente deve ser notificado sobre a conversão do procedimento em inquérito.


Comentários