Puccinelli desiste de candidatura.

Puccinelli desiste de candidatura.

O ex-governador do Estado, André Puccinelli (MDB), desistiu da candidatura ao cargo e pediu para que a senadora Simone Tebet assuma seu lugar nas urnas representando o partido na concorrência pelo Executivo Estadual. André, o filho dele, André Puccinelli Júnior, e o advogado João Paulo Calves, estão presos no complexo penitenciário de Campo Grande, localizado no Jardim Noroeste, desde o dia 20.


Conforme assessoria de imprensa do senador Moka, a escolha de Simone foi uma opção do ex-governador, após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negar o segundo habeas corpus que pedia a liberdade de Puccinelli.


Em uma reunião realizada na manhã de hoje (29) com os dois senadores e os deputados estaduais do MDB, no escritório do Moka, em Campo Grande, foi confirmada a mudança. “O ex-governador pediu para que Simone fosse colocada como pré-candidata e depois oficializada como candidata na convenção, dia 4 de agosto”, disse a assessoria.  


No sistema do STJ consta como “não concedida a medida liminar de André Puccinelli, André Puccinelli Júnior e João Paulo Calves (Publicação prevista para 03/08/2018) (792)”. Este é o segundo recurso indeferido pela Justiça contra o trio. O primeiro foi do desembargador federal Maurício Yukikazu Kato do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3).


Comentários