Prefake: Administração do prefeito de coxim está sob suspeição de licitação e causa revolta e indignação do povo.

Prefake: Administração do prefeito de coxim está sob suspeição de licitação e causa revolta e indignação do povo.

Vereadores de Coxim quer explicação do Prefeito sobre licitação no mínimo estranha.


Após receber várias reclamações a respeito do lixão de Coxim, os vereadores, Careca, Sinval e Vereadora Lucia, na terça-feira passada (13), estiveram no local para vistoriar o aterro sanitário. Ao chegar ao local, foi verificado que a máquina esteira que faz o serviço de empurrar o lixo está quebrada, a qual se encontra desmontada na Secretaria de Obras do município, e para a surpresa dos vereadores.



No diário oficial daquele dia foi publicado uma licitação para a contratação de aluguel de uma esteira no valor de R$ 156.000,00 (cento e cinquenta e seis mil reais), sem data para começar e terminar os trabalhos. 
Para os vereadores é inaceitável um aluguel nesse valor, já que o conserto da maquina fica menos de 5.000 (cinco mil reais), e com o dinheiro dessa licitação daria para consertar todas as máquinas do município.


Administração de Aluízio São José: Motivo de indignação e protesto.


Aconteceu na tarde do último sábado (17), com a presença do deputado estadual Maurício Picarelli, dos vereadores Sinval Batista e Careca da Iluminação, do ex-vereador e suplente Sidney Assis, dezenas de pessoas se concentraram na cabeceira da Ponte Velha, no bairro Piracema, em um manifesto de indignação e revolta com a administração do prefeito Aluízio São José (PSB) e cobrando melhor qualidade de vida para a população coxinense.  


Denominado de "Movimento Todos Por Coxim", com o lema "A única coisa que mete medo no político é o povo na rua", os participantes da manifestação portavam cartazes, enquanto as autoridades, lideranças do movimento e representantes de vários segmentos fizeram o revezamento nos discursos de protesto, que se estenderam até o início da noite.


O Movimento Social Bocas Abertas do Caronal, apóiam a manifestação, registrando-se a presença de seus representantes  Marcio Ferrreira Vaz de Souza e Israel Barbosa Silva.


O evento foi pacífico, não se registrando nenhum incidente,  contando com a presença da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, que chegaram ao local com antecedência e permaneceram na região até todos os participantes se dispersarem.



Deputado estadual Maurício Picarelli


O deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB), que também é jornalista, estava com sua equipe de trabalho, onde fez uso da palavra. Acompanhou grande parte da manifestação, ouviu  as reivindicações dos vereadores e da população, fazendo ainda  várias gravações para serem transmitidas nos programas de televisão onde ele é o apresentador.


Na entrevista concedida para a reportagem do Diário X, Maurício Picarelli disse, "Somos amigos de Coxim há muito tempo, onde atendemos o Sidney Assis, que é meu amigo, meu irmão. Estamos juntos há mais de 15 anos e ele nos representa em Coxim e na região. Mesmo sem ser vereador, o Sidney tem nos encaminhado as solicitações do povo, onde somos o único deputado estadual que já investiu mais de 1 milhão e 300 mil reais em Coxim".  


Picarelli disse ainda, "Estamos visitando o Norte e fazendo várias reportagens. Em Coxim, conversamos com mais de 300 pessoas e ninguém falou bem dessa administração. Estamos  indignados com o sofrimento do povo da nossa querida Coxim e com a situação em que se encontra o município. Tudo que gravei será divulgado nas empresas em que trabalho e nas redes sociais. Enviarei também para o Ministério Público Estadual para que tomem conhecimento de tudo que está acontecendo em Coxim", afirmou o parlamentar.


Desabafo de um comerciante


O comerciante Guimel dos Santos Miranda, 34 anos, proprietário do Mercadinho VVN na Rua Príncipe da Paz n° 17 no bairro Nova Coxim, fez questão de relatar à reportagem do Diário X, a situação da rua e do bairro onde tem o seu comércio, que devido as péssimas condições de tráfego, tem impedido o recebimento das mercadorias de seus fornecedores e entrega na residência dos seus clientes.


Segundo Guimel, o responsável pelo caminhão de São Gabriel do Oeste, que faz a entrega de ovos para o seu mercado, tem se recusado a entrar no bairro e entregar as mercadorias, onde ele recebe a ligação do motorista, e de carriola, tem que se dirigir até a BR 163 e pegar os ovos, pois trata-se de um produto frágil, que quebra com facilidade, e como as ruas estão com muitos  buracos e crateras de grande profundidade, a carga em cima do caminhão pode sofrer danos e causar prejuízos.  


Grupo de skate


Na manifestação, um grupo de aproximadamente 12 jovens, também demonstraram a indignação com o prefeito, reivindicando a construção de uma pista de skate park (parque de skate) ou a destinação de um local próprio para a prática do esporte.


Maicon de Souza Silva, 17 anos e Pedro Henrique da Silva, 15 anos, estudantes, representantes do grupo, disseram que o prefeito Aluízio São José já se comprometeu a efetivar a construção de uma pista, porém, até agora, a obra não passou de promessas.


Até que não seja construída uma pista, os jovens apresentaram como sugestão a destinação pelo prefeito de Coxim, do espaço nos fundos da secretaria municipal de educação (antiga Pronave), que possui uma quadra, sem nenhuma utilidade e que está rodeada por mato alto. 


Segundo os representantes do grupo, a prática do esporte nas ruas e calçadas ocasiona conflitos e reclamações dos comerciantes e pedestres, onde os skatistas podem ainda ser atropelados ou causar um atropelamento.


Os adeptos do skate de Coxim tem utilizados alguns locais improvisados, mas a prática em local não apropriado, além de se tornar perigoso, com possibilidades de acidentes, ainda gera reclamações e até palavras ofensivas para quem não vê com bons olhos a prática do skate, que é uma atividade saudável e um esporte que pode ser praticado por qualquer pessoa, independente de sua idade ou classe social.


Festa do peixe


A reportagem do Diário X se dirigiu a um senhor, para perguntar o porquê da presença dele no movimento. O cidadão se apresentou como Lacerda Félix Martins, 68 anos, aposentado, que disse estar acompanhando um amigo em uma fazenda na região de Coxim, onde ao passar pela concentração de pessoas na cabeceira da Ponte Velha, resolveram parar o carro e ver do que se tratava, acreditando que seria uma manifestação sobre a festa do peixe, onde ele disse dedicar total apoio para essa reivindicação.


O senhor Lacerda disse, "Vim muitas vezes em Coxim e me recordo até mesmo da primeira festa do peixe, que era ali, (indicando o antigo local onde se realizou as primeiras festas),  na areia, nas margens do rio, onde as barracas eram feitas de palha, e eu sentava ali com a minha família, contemplando o rio, saboreando um peixinho frito e vendo os barcos dos pescadores, que eram muitos, descendo e subindo o rio. Tempos bons, que não voltam mais. Não entendo porque esse prefeito, que é um jovem, não apoia uma festa como essa ou não realiza pela própria prefeitura. É muito triste", desabafou com saudosismo o turista aposentado.


Cartazes


Os manifestantes portavam cartazes, que foram expostos para as pessoas que trafegavam pela rua, agradecendo o apoio dos vereadores Careca da Iluminação, Sinval Batista e do suplente de vereador Sidney Assis, reafirmando o descontentamento, indignação e revolta com a administração do prefeito Aluizio São José, entre as quais destaca-se:


"Fora Aluízio! Se não dá conta entrega a prefeitura para o vice"


"Nova Coxim pede socorro, pois está se acabando em buraco prefeito. Socorro".


"Queremos skate park #Pronave"


"Cinco anos sem casa popular e sem gerar emprego"


"Cadê os 22 milhões do asfalto do Piracema e Vila São Paulo"


"Prefeito, área verde não pode ser doada para a população fazer casas mas pode servir de lixão?"


"Agradecemos aos vereadores Careca e Sinval por atender a população na Câmara Municipal"


"Sidney Assis: Obrigado. Queremos que saiba que sua presença é muito importante para nós. Sempre que ligávamos era com sol ou chuva não deixava de comparecer. Obrigado amigo. Deus abençoe você".


Pronunciamentos, reivindicações e pontos destacados na manifestação


Fizeram uso da palavra o deputado estadual Maurício Picarelli, os vereadores Sinval Batista e Careca da Iluminação, o radialista e suplente de vereador Sidney Assis, o advogado Osiel de Souza, a escritora e poetisa Gleycielle Nonato, o servidor público municipal José Carlos (o gari Zé Carlos), entre outras pessoas.


Nos pronunciamentos, cartazes e reivindicações apresentadas pelos participantes, destacam-se os seguintes temas em protesto a má administração do prefeito Aluízio São José (PSB):


- Bairros abandonados, com ruas intransitáveis, onde as pessoas não têm condições de entrar em suas próprias casas e nem colocar os veículos na garagem, impedindo a entrega e recebimento de mercadorias pelos comerciantes e até mesmo o recolhimento do lixo e a atuação do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar;


- Conclusão e qualidade das obras do bairro Piracema, que mesmo antes do recebimento pelo município, apresentam muitos problemas;


- Reabertura do frigorífico e um plano emergencial com apoio do governo estadual e federal para a geração de emprego e renda;


- Drenagem e pavimentação do bairro Santo André e vila São Paulo, amplamente divulgadas pelo prefeito e que não tem previsão do início/reinício das obras;


- Falta de transparência na arrecadação e nos gastos públicos;


- Ausência do prefeito no município, onde dificilmente alguém tem a oportunidade de ver e/ou falar com o prefeito;


- Coxim virou motivo de piada, de chacota e de vergonha a nível estadual e até nacional, devido a incapacidade administrativa do atual prefeito e de sua participação em rallys pelo Pantanal. A sede própria da prefeitura de Coxim é também motivo de zombaria, devido ao seu péssimo estado de conservação;


- Fechamento do albergue e a caótica situação financeira que se encontram as entidades não-governamentais conveniadas com o município, com atrasos por vários meses do repasse de recursos financeiros;


- Manutenção dos veículos do poder público, principalmente das ambulâncias, caminhões de recolhimento do lixo, pá carregadeira, patrol, caminhões e outros;


- Estradas da área rural sem condições de tráfego, deixando isolados os moradores de pesqueiros, sítios, chácaras e fazendas;


- Pontes interditadas, com os veículos e caminhões tendo que passar por dentro dos rios e córregos, onde as pessoas estão improvisando pinguelas para a passagem;


- Falta de remédios e médicos no Hospital Regional, na Policlínica e nos postos de saúde;


- Cobertura dos pontos de ônibus escolar, vans e ônibus da saúde, nos bairros Nova Coxim, Piracema, Santo André, Mendes Mourão, Vila São Paulo, Previsul, Jorge Rith, Vila Mariana, Vale do Taquari, Silviolândia e na área rural, para que os alunos e demais pessoas, enquanto aguardam o embarque, não fiquem expostos ao forte calor do sol, das intensas chuvas, do frio e ventos.    


- Gasto exorbitante na revitalização da Avenida Virgínia Ferreira, sem ouvir a sugestão de comerciantes e moradores, com a demora na entrega das obras;


- Descaso e abandono dos centros de múltiplo uso e a não reativação da vaca mecânica, produtora do leite de soja, que já chegou a atender mais de mil pessoas em administrações anteriores;


- Posto policial no bairro Piracema e no distrito de Silviolândia;


- Operação tapa-buracos com produtos e serviços de qualidade, para que tenham maior durabilidade e cesse o desperdício do dinheiro público;


- Praças abandonadas e iluminação pública deficiente;


- Transporte escolar ainda sem atender várias localidades, com as crianças faltando às aulas;


- Limpeza das ruas com a coleta de lixo ineficiente;


- Mato alto e lixo nos terrenos baldios, se tornando um problema de saúde pública;


- Servidores públicos com diárias e salários atrasados. Perseguição implacável para quem se manifestar ou se opor as opiniões e segmentos políticos do prefeito e seu grupo;


- Gasto exorbitante com a imprensa, utilizando verba pública para o conhecido "cala boca", objetivando a não divulgação da péssima realidade que se apresenta o município;


- Em cinco anos, o atual prefeito não construiu nenhuma casa, onde tem uma política habitacional que até agora não mostrou nenhum resultado prático no atendimento às famílias que necessitam de uma casa ou de um terreno;


- Revitalização da Praça do Pescador, com a instalação de super postes, transformando-a em um cartão postal da cidade e reverenciando a classe dos pescadores;


- Gasto excessivo de diárias pelo prefeito e o pagamento de vários contratos de aluguel para particulares, com um enorme prédio vazio doado pelo Estado, há mais de dois anos, que poderá abrigar todas as secretarias.


- Aproveitamento da extensa área na Avenida André Magro no bairro Santo André, com a construção de um centro de educação infantil e/ou um campo de futebol com uma estrutura necessária para a prática de esportes e para o lazer, diversão e entretenimento da comunidade local;


- Falta de incentivo à cultura, ao esporte e ao lazer, com prioridade de investimentos somente em atividades que sejam de interesse e praticada pelo prefeito;


- Não realização e muito menos o apoio do poder público municipal para as festas tradicionais, como a festa do peixe, expoxim e outras;


- Contratação de profissionais e empresas de fora e até de outros Estados, menosprezando a mão-de-obra local.


Veja o vídeo:



Fonte: Midia news ms


Comentários