‘Não vou ser mulher de malandro’, diz Rodrigo Maia, investigado na lava jato.

‘Não vou ser mulher de malandro’, diz Rodrigo Maia, investigado na lava jato.

Maia afirmou que vai trabalhar pela aprovação da reforma da Previdência, mas não vai ficar “levando pancada” como articulador político.


“Não vou ser mulher de malandro, de ficar apanhando e achando bom.”


“O presidente da Câmara coordena 512 deputados, todos iguais. Eu recebo na residência da Câmara 50, 60 deputados. É diferente ser presidente da Câmara e presidente da República no sistema presidencialista. Só não vou ficar no meio dessa briga levando pancada da base do presidente.”


Lava Jato: http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2017/02/rodrigo-maia-e-acusado-de-corrupcao-e-lavagem-de-dinheiro-pela-pf.html


Comentários