Militante de esquerda pode assumir Secretária Nacional da Juventude de Bolsonaro.

Militante de esquerda pode assumir Secretária Nacional da Juventude de Bolsonaro.

Candidata a Deputado Estadual pelo PRB, Desire Queiroz que apoiou o candidato a governo do PDT pode ser indicada a Secretária Nacional da Juventude.


O nome de Desire Queiroz foi indicado pelo candidato a Deputado Federal e Pastor Wilton Acosta, lider da Igreja Sara Nossa Terra e seu suposto padrinho politico. Segundo fontes Desire esta a poucos passos para assumir a Secretária Nacional da Juventude de Bolsonaro, pois o pastor teria proximidade com a futura Ministra Damares, o que gerou indignação pelo fato da provavel secretária ter posicionamentos e relações com partidos de esquerda.


Nas eleições de 2018, Desire concorreu como Deputada Estadual pelo PRB tendo perto de 600 votos, ela também participou da campanha para governo do Estado em Mato Grosso do Sul, apoiando o candidato do PDT Odilon de Oliveira. A mesma em suas redes sociais demonstrou ter admiração pela Deputada eleita Samia do PSOL, Marielle Franco do PSOL e ligação com o MDB de Puccinelli.


A mesma apagou suas redes sociais para se camuflar com a ministra, porém graças a uma fonte alguns prints foram salvos. Segue as imagens.



Conteúdo retirado de Redes Sociais de Desire Queiroz.


 


Padrinho investigado


O Pastor e candidato a Deputado Federal Wilton Acosta foi investigado pelo promotor Marcos Alex Vera de Oliveira, titular da 31° Promotoria do Patrimônio Público e Social, que acabou pedindo que fossem autorizados os mandatos de busca e apreensão. O (Ministério Público Estadual (MP-MS)constatou que haveria a necessidade de efetuar as diligências que foram cumpridas.



A investigação apura um suposto desvio de recurso públicos destinado à Credquali, onde integrantes do Conselho Deliberativo da empresa, acabavam desviando dinheiro para o pagamento de despesas pessoais e compra de bens privados.

Fonte: Republicano


Comentários