Garotinho, Maluf e Lula, covardes, só choram por si mesmos.

Garotinho, Maluf e Lula, covardes, só choram por si mesmos.

Olhando a expressão compungida dos corruptos brasileiros quando são presos ou condenados, só consigo pensar que esses farsantes são os típicos sociopatas: só choram por si mesmos. 

Veja o caso de Maluf sendo preso. Este senhor passou 40 anos fugindo da Justiça. Até na lista da interpol a criatura entrou. Agora alega que está idoso e com câncer. Interessante é que nem o câncer ou a idade o impediam de flanar por Brasília, leve e solto. 

Aplico a Maluf a mesma medida da punição dada aos criminosos alemães após a II Guerra. A idade não impediu de serem responsabilizados pelo mal que causaram. 

O mesmo se aplica a Lula, Garotinho, Joesley, Dilma e Eduardo Cunha. Todos posando de injustiçados. 

O que me dói é que essa gente cruel não está sozinha. Sempre há um exército de fanáticos a apoiá-los, incentivá-los e aplaudi-los.

Lula tem adoradores em meio a professores, "intelectuais" e artistas. 

Garotinho foi recebido do lado de fora da cadeia com bênçãos religiosas. 

Renan Calheiros (que tem dezenas de processos tramitando no STF) lidera as pesquisas para o senado em 2018. 

E assim segue o bonde Brasil afora, contando com a cumplicidade e a cegueira de parte do nosso povo. A todos esses corruptos só me resta desejar que, assim como ocorreu com Maluf, a Justiça os alcance, mesmo que na velhice ou na doença. E não poderão reclamar, pois eles mesmos adiaram a hora fatal, com seus advogados caros, seus juízes comprados e suas artimanhas. 

Neste dia, que pode tardar, nós estaremos a postos para testemunhar a expressão de medo em suas caras corruptas enrugadas.


Fonte: JC on line


Comentários