DEPUTADOS INCLUEM “MORO” E BOLSONARO EM SEUS NOMES.

DEPUTADOS INCLUEM “MORO” E BOLSONARO EM SEUS NOMES.

Deputados que apoiam as investigações da Lava Jato começaram a rebater a atitude dos deputados e senadores do PT que pediram para incluir "Lula" em seus nomes parlamentares. Nesta quarta (11), o Diário do Poderrevelou em primeira mão que deputados do DEM encaminharam pedidos ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para incluir "Moro" em seus nomes parlamentares. Outros deputados optaram por incluir "Bolsonaro".


Um dos primeiros foi o deputado Sóstenes Cavalvante (DEM-RJ), que solicitou alteração da denominação para Sóstenes Moro Cavalcante. O ato é uma resposta ao que os petistas chamam de protesto contra a prisão de Lula. Já o deputado Capitão Augusto (PR-SP), que quer ser chamado de Capitão Augusto Bolsonaro.


A assessoria de imprensa de Rodrigo Maia disse que ainda não existe uma resposta para os pedidos.


 



BOLSONARISTAS TAMBÉM.


 Senado idem


A orientação do PT foi adotada por alguns senadores, incluindo a presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann (PR), e Lindbergh Farias (RJ). A estratégia tem o claro objetivo de se ligar ao ex-presidente preso para tentar ganhar alguns votos a mais já que ambos terão muita dificuldade na tentativa de reeleição este ano devido às investigações envolvendo atitudes nada republicanas.


Assim como Maia, Eunício Oliveira (MDB-CE) também não respondeu sobre se aceitará ou não os pedidos de inclusão de “Lula”.



 


Comentários