Bolsonaro empossa Aras

Bolsonaro empossa Aras

Durante a cerimônia de posse do novo procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras, nesta quinta-feira, 26, presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que ele não será do governo, mas um “guerreiro que vai ter em uma das mãos a bandeira do Brasil e na outra a Constituição”. Bolsonaro ainda defendeu a independência do órgão e disse que estará “completamente alinhado” com as decisões de Aras.

“Nós estaremos completamente alinhados com suas decisões. O Ministério Público [MP] tem que continuar altivo, independente e obviamente extremamente responsável”, declarou, acrescentando que a escolha foi “difícil” considerando os outros candidatos do MP, que também eram tidos como “competentes e patriotas”.

“Peço a Deus que ilumine o doutor Aras, que ele interfira onde ter que interferir e colabore, como sei que é tradição dele, no bom andamento das políticas do interesse do nosso querido Brasil”, continuou o presidente.


Comentários