Chega a 150 número de mortos por fortes chuvas no Japão

Chega a 150 número de mortos por fortes chuvas no Japão


Mais de 150 pessoas morreram nas inundações e deslizamentos de terra provocados pelas chuvas torrenciais que afetam a região oeste do Japão. Segundo anunciou o governo nesta terça-feira (10), foram 156 mortos. O balanço anterior, anunciado pelo porta-voz do governo, Yoshihide Suga, registrava 141 mortes.





Esta é a maior tragédia provocada por um fenômeno meteorológico no Japão desde 1982. O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, que cancelou uma viagem a vários países da Europa e Oriente Médio, viajará na quarta-feira à região mais afetada pelas chuvas, informou Yoshihide Suga.




As equipes de emergência prosseguem com as buscas a sobreviventes, embora as probabilidades sejam reduzidas, entre os destroços provocados pelas chuvas no oeste do país. O governo também informou sobre pelo menos 10 desaparecidos, mas a imprensa cita um número maior de pessoas não localizadas.






"Os 75.000 policiais, bombeiros, soldados das Forças de Autodefesa (nome do exército japonês) e da Guarda Costeira fazem o possível para ajudar os afetados, declarou Suga.




Comentários