Minotouro está motivado após vitória no UFC em curitiba.

Minotouro está motivado após vitória no UFC em curitiba.

Rodrigo Minotouro comemora grande vitória sobre Patrick Cummins, diante dos fãs: gás extra para carreira: 


Aos 39 anos, Rogério Minotouro resiste ao tempo e não pensa em seguir os passos de seu irmão, Rodrigo Minotauro, que abandonou a carreira de lutador no MMA. O Little Nog, como é conhecido, ganhou ânimo extra com a vitória por nocaute técnico sobre Patrick Cummins no UFC 198, na Arena da Baixada, em Curitiba, e garantiu que ainda tem muito a mostrar no octógono.

Minotouro se recuperou depois de duas derrotas, diante de Anthony Johnson e Mauricio Shogun, e usou bem a grande virtude, o boxe, para nocautear Patrick Cummins ainda no primeiro round, em Curitiba. O triunfo, segundo ele, mostrou que ainda pode competir em alto nível no UFC.

"Estou em um ponto na carreira em que as pessoas falam que está na hora de me aposentar, de encerrar, mas essa luta (contra Cummins) mostrou que estou lutando bem contra atletas de alto nível. Ela veio na hora perfeita", disse Minotouro, em entrevista ao site MMA Fighting.

Depois das derrotas consecutivas para Johnson e Shogun, Minotouro ouviu críticas pesadas de muitos que pensaram em uma despedida do lutador. Mas ele soube transformar o momento ruim em uma oportunidade para treinar mais e buscar a recuperação. 

"Os fãs brasileiros são muito críticos, mas é normal em todos os esportes. Quem gosta te critica, e é preciso ouvir os fãs e a mídia. A opinião deles é importante para treinar mais duro e conseguir outra vitória. Eu treinei duro e melhor desta vez, com mais qualidade", destacou o atleta da Team Nogueira, equipe criada por ele ao lado do irmão mais famoso.

Como não sofreu lesão na vitória sobre Patrick Cummins, Minotouro crê em breve retorno ao octógono. Ela já planejou a data certa para retornar aos treinos e pensa em estar no card do segundo evento do UFC no Brasil este ano, que será em Brasília. "Existe a chance de eu aceitar outra luta em breve. Vou descansar por uma semana ou 10 dias, e então volto a treinar, e espero voltar em três meses. Se tiver um evento no Brasil, eu gostaria de participar", comentou.

Fonte: MMA


Comentários