Dono de site assassinado por pistoleiro teria negociado com 3ª Vara liberação de bens, Diz Jedeão primo de Odilon.

Dono de site assassinado por pistoleiro teria negociado com 3ª Vara liberação de bens, Diz Jedeão primo de Odilon.

Dono do extinto site “UH News”, Eduardo Carvalho, conhecido como Carvalhinho, morto a tiros em novembro de 2012, em Campo Grande, https://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/dono-de-jornal-e-executado-em-frente-de-casa-no-bairro-giocondo-orsi teria agenciado, isto é, negociado sentença que liberou bens de um traficante, conduzida na 3ª Vara Federal, então chefiada pelo juiz federal agora aposentado Odilon de Oliveira, candidato ao governo de Mato Grosso do Sul pelo PDT.


É o que diz o advogado Jedeão Oliveira, 49, num depoimento de 23 páginas que registrou na cidade de Bauru, interior de São Paulo, documento entregue depois ao MPF (Ministério Público Federal), em Campo Grande, o Site TopMidiaNews teve acesso aos papeis.


Jedeão foi contratado por Odilon como funcionário de confiança da Justiça Federal, em 1995. O advogado é filho de um primo do juiz aposentado. Odilon ofertou o emprego, segundo Jedeão, por gratidão. O juiz aposentado teria tido a educação escolar por força e dedicação do pai de Jedeão, daí o reconhecimento com o emprego.


Ocorre que em julho de 2016, Odilon de Oliveira, demitiu Jedeão depois da descoberta do sumiço de R$ 11 milhões da 3ª Vara. Quem cuidava do dinheiro apreendido com investigados, por exemplo, seria Jedeão. O recurso deveria ser depositado numa conta judicial e, se o dono dele, normalmente traficante, fosse condenado, a soma ia para uma conta federal.




Fonte: Top Mídia News.


Comentários